Marca: Soul

Tamanho testado: 6 (4,75m de comprimento e 70cm de largura)

Gramagem: 260 g/m2

Padrão: Tor

Fabricado na Índia

Cor: Preto & Branco

Material: 100% algodão

A Soul nasceu em Bangalore, na Índia, no seio de uma família de quatro (mãe, pai, filha e filho) defensora do ensino doméstico, amamentação, fraldas reutilizáveis, parentalidade com apego, co-sleeping e claro, babywearing.

A Soul acredita que o babywearing pode fazer com que o Mundo seja um local mais feliz. O babywearing cria pessoas independentes, saudáveis, seguras, amáveis e sensíveis que vão passar essas virtudes às próximas gerações.

Para a Soul, tal como para O Bebé Sabe, o babywearing é uma filosofia de vida, é um modo de estar perante a parentalidade e a criação dos filhos. É mais do que transportar um bebé/criança.

Tem implicações que vão para além da família e acreditam que podem contribuir e apoiar o crescimento deste mundo.

Ao conhecer um pouco a história da marca identifiquei-me muito com os seus princípios e isso permitiu-me gostar mais deste pano!

Entrei no mundo do babywearing há 5 anos tinha a minha filha mais velha 4 dias. Graças ao babywearing consegui ter um período pós parto muito tranquilo e activo, junto da família e amigos mas também em cursos e conferências de amamentação e parto (para mim: o melhor dos dois mundos!)

Sem dúvida que o meu pano foi a minha imagem de marca e a partir daí fiquei com vontade de saber mais de forma a melhor apoiar as famílias que acompanho.

Quando nasceu a mais nova veio logo para o pano e a nossa viagem continuou.

Esta é a primeira vez que escrevo sobre um pano. Depois de 5 anos a carregar as minhas filhas junto a mim e de muita formação nesta área entrei neste mundo de viagens de panos.

Até agora estou a adorar: tenho conhecido novas marcas e materiais e pessoas fantásticas 🙂

Foi a primeira vez que experimentei um pano Soul. No geral gosto de panos coloridos e por isso não fiquei muito entusiasmada com este monocromático preto e branco. A verdade é que fui agradavelmente surpreendida e acabei por gostar bastante do padrão. Acho que fica particularmente bonito em amarrações que utilizem a frente e o verso do pano na zona visível. Fica um contraste bem giro.

É um pano muito rígido que precisa de tempo para ser quebrado. No entanto, cumpre a sua função de forma bastante satisfatória, quer em bebés pequenos (utilizei a minha boneca de demonstração), quer em crianças mais crescidas (utilizei com a minha filha mais nova de 2 anos e meio).

Devido a esta rigidez torna-se um pano bastante robusto que pode dar alguns desafios nos ajustes e pode tornar-se um pouco mais quente no Verão.

Gostava de ter tido a oportunidade de estar com ele mais tempo para o quebrar e conhecer todas as suas potencialidades e possibilidades.

Se o conseguir voltar a encontrar depois desta viagem conto como ele está 😉

Este artigo foi escrito em parceria com a Funtastic Mom 🙂 Grata por me teres dado a oportunidade!

Brand: Soul

Size tested: 6 (187 inches long and 29 inches (70cm) wide)

GSM: 260 g/m2

Pattern: Tor

Made in India

Colour: Black & White

Fiber: 100% Jacquard woven cotton

Soul was born in Bangalore, India, into a family of four (mother, father, daughter and son) advocate  for homeschooling, breastfeeding, cloth-diapering, attachment-parenting, co-sleeping, and of course, babywearing.

Soul believes that babywearing can make the World a happier place. Babywearing creates independent, healthy, safe, loving, and sensitive people who will pass these virtues to the next generations.

For Soul, as for O Bebé Sabe, babywearing is a way of life, it is a parenting philosophy. It is more than carrying a baby/child.

It has implications that go beyond the family and believe they can contribute to and support the growth of this world.

I identified a lot with the principles of this company and this allowed me to like this wrap more.

I entered the world of babywearing 5 years ago had my oldest daughter 4 days. Thanks to the babywearing I was able to have a very quiet and active postpartum period, with family and friends, but also in courses and conferences on breastfeeding and delivery (for me: the best of both worlds!)

Undoubtedly my wrap was my brand image and from there I felt like knowing more so as to better support the families I accompany.

When she was born the youngest one came to the wrap and our journey continued.

This is the first time I write about a wrap. After 5 years of carrying my daughters along with me and a lot of training in this area I entered this world of travelling wraps.

So far I love it: I have known new brands and materials and fantastic people 🙂

It was the first time I tried a Soul wrap. Overall I like colorful wraps and so I was not too thrilled with this monochrome black and white. The truth is that I was pleasantly surprised and I ended up really enjoying the pattern. I think it looks particularly nice in carries where the wrap flips showing like this the wrong side as well. It’s a very nice contrast.

It is a very hard wrap that needs time to be broken. However, it fulfills its function quite satisfactorily, both in small babies (I used my demonstration doll) and in older children (I used it with my youngest daughter, 2 and a half years old).

Due to this stiffness it becomes a fairly sturdy wrap which can give some challenges in adjustments and can become a bit warmer in summer.

I would liked to have the opportunity to be with him longer to break him and to know all his potentialities and possibilities.

If I can find him again after this trip, I’ll tell you how he is 😉